15 março 2016

Cronograma Capilar!

Olááá pessoas!!

Sou adepta de cada um ter o cabelo que quer. Se você ama cachos, fique com cachos, se ama lisos fique com os lisos. Nada de ditaduras nesse blog! A questão é: todo cabelo, seja natural ou com química, necessita de cuidados.
Eu não sei quem foi o gênio(a) que criou esse método, mas sério, meu muito obrigada a você que pensou no cronograma capilar!

Vamos para o papo que interessa!


O que é o cronograma capilar?

É um método criado para cuidar dos cabelos, repondo os nutrientes, vitaminas entre outros, que eles perdem seja por causa de alguma química, ou fator natural (frio, calor, sol, umidade), que consiste em três etapas: hidratação, nutrição e reconstrução.


Como fazer o cronograma?

É necessário saber do que seu cabelo precisa para saber qual tratamento deve ser intensificado. Se você já conhecer seu cabelo (o que é extremamente difícil), ótimo, já pode começar seu cronograma certo. As vezes a aparência do cabelo, lhe diz o que ele precisa para ser saudável. Exemplos:

Cabelos que precisam de hidratação: ressecados, difíceis de desembaraçar, com aspecto de palha.

Cabelos que precisam de nutrição: sem brilho, com frizz.

Cabelos que precisam de reconstrução: quebradiços, com pontas duplas.


Meu cabelo está com todos esses problemas, o que eu faço pra saber meu cronograma?

Existe um cronograma padrão, de acordo com a resposta do seu cabelo a ele você vai fazendo alterações no cronograma.

Cronograma padrão:

1ª semana:   Hidratação + Hidratação + Nutrição

2ª semana:   Hidratação + Hidratação + Nutrição

3ª semana:   Hidratação + Hidratação + Reconstrução

4ª semana:   Hidratação + Hidratação + Nutrição

Dica: siga esse cronograma por pelo menos dois meses, para saber se é necessário mudá-lo.


Como cada etapa reage no cabelo?

Hidratação
Tem como função principal, repor a água dos fios. Uma máscara hidratante deixa os cabelos macios, fáceis de desembaraçar e com balanço. Para saber se a máscara é hidratante, é necessário olhar se os componentes principais são frutos, frutas ou água, que são a base desse tipo de máscara.

Recomendo: máscara super hidratante Morte Súbita, Lola Cosmetics.


Nutrição
Tem a função de repor os nutrientes dos fios. Elas deixam o cabelo sem frizz e com brilho. As máscaras nutritivas são feitas com base em óleos vegetais puros.

Dica: se não quiser investir numa máscara nutritiva, faça uma umectação, que nada mais +e que enluvar o cabelo mecha a mecha com algum óleo vegetal puro e deixar agir no cabelo. No meu caso, uso óleo de coco e deixo agir durante a noite (na verdade deixo a noite e o dia seguinte todo), mas quando estou sem tempo, diminuo para no mínimo três horas de uso. O azeite de oliva extra virgem (sim, só serve o extra virgem), também serve como umectador, só que o cheiro me incomoda muito. Evite exposição solar quando estiver com algum óleo no cabelo e nunca use instrumento de calor nesse período, para não fritar o cabelo.

Recomendo: óleo de coco, puro.


Reconstrução
Tem como principal objetivo repor as vitaminas necessárias para manter um cabelo saudável. As máscaras reconstrutoras tem como ingredientes principais a queratina ou alguma vitamina vital para o cabelo (como as do complexo B, ou vitamina E, A...).

Dica: existe um produto chamado de queratina líquida que é maravilhoso! Pode ser usado puro ou misturado com uma máscara de hidratação.

Recomendo: queratina líquida, Niely Gold.


Dica: o Glicopan Pet, é um estimulante alimentar para animais, por isso é uma bomba de vitaminas. Sendo um produto para animais, nunca faço uso dele na raiz, porque não quero contato com minha corrente sanguínea e me causar algum tipo de problema como alergia (afinal, não foi testado em humanos). Quando meu cabelo estava no fundo do poço, usava puro, direto no fio, por uma hora. Hoje uso na etapa de reconstrução do cronograma, intercalando com a queratina lída, misturado a minha máscara de hidratação. uso uma tapa (a do produto mesmo), por trinta minutos.

Recomendo: glicopan pet

Ps.: o produto resolve o problema do cabelo, mas por ser um estimulante alimentar animal, possui um cheiro atrativo para eles, para mim, parece aquele tabletes de caldo de carne.

Importante!

  • Lave muito bem os cabelos, após qualquer procedimento citado. Os produtos têm um tempo de ação e não adianta deixar mais, o cabelo fica opaco, pesado e quebradiço.
  • Nunca faça a etapa de reconstrução mais de uma vez por mês. Se seu cabelo estiver detonado, caindo, teve corte químico, até rola de fazer a cada 15 dias, mas se melhorar, faça uma vez por mês. Cabelo sem vitamina é horrível, mas com excesso ele não aguenta e se rompe. Então nada de exageros!.

Amo chapinha, não vou ter tempo para fazer o cabelo três vezes na semana, o que eu faço?

Primeiro de tudo: com tempo, ou sem tempo, nada de chapinha três vezes na semana. Não adianta investir em cremes bons e seu tempo e passar chapinha o tempo todo. Sei q é difícil, eu sou usuária da chapinha e achei que não conseguiria viver sem, mas até que não foi desesperador. Existem vários tutoriais de penteados para sobreviver sem ela e ficar bonita!


Bom, sobre o meu cronograma, eu estou fazendo a três meses e ainda não senti necessidade de alterá-lo, então ainda sigo original.

Então é isso pessoal, se tiverem alguma dúvida, deixa aqui nos comentários para que eu possa tentar responder.
Se tiverem outras dicas, compartilhem aqui!


Me sigam nas redes sociais!

Instagram: @corujafeminina

Twitter: @corujafeminina

Facebook: Coruja Feminina

E-mail: corujafeminina@gmail.com

Até o próximo post! XOXO ;*

08 março 2016

DIY: demaquilante caseiro!

Olááá pessoas! Tudo certinho com vocês???

Hoje vou ensinar uma dica super simples e baratinha: demaquilante caseiro!

Eu amo o demaquilante da Make B. O Boticário. O problema é que nem sempre posso comprá-lo e muitas vezes ele fica em falta nas lojas mais próximas a mim. Isso me fez procurar alternativas e acabei descobrindo que os óleos vegetais, tiram muito bem a maquiagem, inclusive à prova d'água!
Então aliei o óleo vegetal a um já queridinho meu soro fisiológico e fiz um demaquilante caseiro bifásico maravilhoso! Tira tudo meeesmo! Quem me conhece sabe que sou adepta as makes a prova d'água principalmente em relação as máscaras de cílios, então imaginem a minha frustração ao ficar sem demaquilante? Acordava igual a um panda todos os dias kkkkkkk...

Enfim, chega de conversa e vamos para o DIY!

Materiais:

  • Soro fisiológico.
  • Óleo vegetal (o mais natural possível 'extra virgem, sem conservantes...').
  • Garrafinha para guardar a mistura.


Modo de preparo:

  • Divida (a olho mesmo) em três partes iguais. Use um lápis para marcar se achar necessário.
  • Encha 2/3 (ou seja até a segunda marquinha), com soro fisiológico.
  • Preencha o restante (1/3) com o óleo vegetal.
Veja:



Dica: agite na hora de usar para misturar os líquidos, assim o produto se torna mais eficaz!

Testem e me contem o que acharam! 



Me sigam nas redes sociais!

Instagram: @corujafeminina

Twitter: @corujafeminina

Facebook: Coruja Feminina

E-mail: corujafeminina@gmail.com


Até o próximo post! XOXO ;*



07 março 2016

Cuidados: alimentos que evitam oleosidade da pele

 Oláááá corujas! Tudo bem com vocês? Vamos conversar mais um pouco sobre pele oleosa!


Existem alimentos que estimulam a produção da glândula sebácea. Derivados de farinha branca (pão, massa, biscoitos), o leite da vaca, álcool, açúcar, aminoácidos, gorduras saturadas, insaturadas, ou trans, devem ser evitados. Esses alimentos quando ingeridos, produzem insulina ou uma substância parecida com ela, que estimula a produção de sebo na pele.

Para saber se seu corpo ingere todas as vitaminas e nutrientes necessários é preciso que você consulte um nutricionista.



Mas vamos com algumas sugestões que já testei e estudei!

Vitamina A: a vitamina A (cenoura, manga, mamão, pimentão) ajuda a reparar a pele e balanceia a produção de secreções das glândulas sebáceas.
Vitaminas do complexo B: especialmente a B6 (fígado, banana, salmão, abacate) têm ação cicatrizante e anti-inflamatória
Vitamina C: a vitamina C (laranja, abacaxi, limão, acerola, tomate, pimentão) tem ação antioxidante (ou seja, combate o envelhecimento)
Vitamina E: (amêndoas, azeite extra virgem, castanha do pará) também têm ação anti-oxidante, além de garantir que aconteça uma cicatrização mais rápida (se aquela espinha estourar, vai secar rapidinho!)  e é anti-inflamatória (auxilia na prevenção e cicatrização de cravos e acnes).
Fibras: as fibras (alimentos integrais, aveia, granola, farelo de trigo, lentilha) são essenciais para desintoxicar o organismo! E vale pra qualquer tipo de pele: sempre coma fibra.
Manganês: (cereais integrais, nozes) têm ação cicatrizante e anti-inflamatória, portanto também ajudam.
Zinco: (frutos do mar, cereais integrais, nozes) tem ação anti-inflamatória.
Chás naturais: os de camomila, erva-doce e erva-cidreira, são ótimos para tonificar (fechando mais os poros), desinflamar a pele e acalmar nosso organismo (o estresse, piora a oleosidade).

Então é isso pessoal! Deixem aqui nos comentários, sugestões para cuidados, alimentação e saúde para combater a pele oleosa.



Me sigam nas redes sociais!

Instagram: @corujafeminina

Twitter: @corujafeminina

Facebook: Coruja Feminina

Até o próximo post! XOXO ;*